mGuard

mGuard 1.1

Recupere o seu celular roubado

mGuard é um aplicativo para celulares Java grátis, que ajuda a recuperar o seu telefone em caso de roubo. Muito fácil de usar, o programa é perfeito para aparelhos mais simples, sem GPS, Bluetooth ou internet. Ler descrição completa

PRÓS

  • Envia torpedo para avisar o roubo
  • Informa o número novo do celular roubado
  • Não necessita conexão à internet

CONTRAS

  • Gasta um torpedo SMS por dia
Muito bom
8

mGuard é um aplicativo para celulares Java grátis, que ajuda a recuperar o seu telefone em caso de roubo. Muito fácil de usar, o programa é perfeito para aparelhos mais simples, sem GPS, Bluetooth ou internet.

Nota: os desenvolvedores do aplicativo pararam de dar suporte a este serviço.

Depois de uma cervejinha com os amigos dá aquela sensação de que está faltando algo... De repente a gente se toca: cadê o celular? Se tivermos o mGuard instalado, ainda há uma esperança.

O mGuard verifica se o cartão SIM foi trocado toda vez que o celular for ligado. Caso alguém tenha roubado o aparelho e trocado o cartão, o mGuard envia um torpedo SMS para um amigo, com o novo número do celular. Esta informação pode ajudar a recuperar o aparelho.

A configuração do programa é muito simples. Você deve registrar o número do seu aparelho e um número secundário, para informar quando o cartão SIM for trocado (pode ser um segundo celular seu ou de um amigo). Também é necessário criar registro na página do mGuard para que o programa funcione.

A desvantagem do mGuard é que ele gasta um torpedo SMS por dia, para verificar o estado do seu celular.

mGuard pode não ter os recursos avançados típicos de telefones mais modernos - como localização por GPS - mas é perfeito para aparelhos mais simples que rodam aplicativos Java. Combine-o com o Anti Theft Alarm para uma maior segurança.

— Opinião usuários — sobre mGuard

  • @caio_bagagi

    por @caio_bagagi

    "cade o site"

    ele é bom é bom é bom não estou dizendo que não é pois ja baixei ele e funcionou direitinho mas fui baixar para o meu no... Mais.

    escrito em 20 de outubro de 2011

— Talvez você também esteja interessado em —